domingo, 1 de agosto de 2010

Produções durante a Copa do Mundo

Durante os jogos da Copa do Mundo procuramos estudar o nosso Hino Nacional para aprendermos um pouco mais sobre ele, cantamos, estudamos o vocabulário, fizemos algumas compreensões. Depois desses estudos, propomos que os alunos, em pequenos grupos, criassem um hino, uma música ou um poema para homenagear nosso país. As produções foram fantásticas.


Brasileichom!

Vai hasteando a bandeira que vai começar
O Brasileichomchom
O Brasileichom
O Brasileichomchom
O Brasileichom

Alô minha galera se liga aew na situação
Garotada não fique de fora que vamos falar de educação
O Brasil é bom e grande demais
Mas tem corrupção e extinção de animais
E isso temos que mudar!

Politikeichomchom
Polueichom
Pra melhorar o Brasileichomchom
O Brasileichom!

E pra juventude fica feliz vamo fala dus avião
Pois o Brasil é o lugar da sedução
Tem pra todo gosto, raça e religião
Agora canta só os corpão!

(2x)
O Brasil é bom bom!
O Brasil é bom bom bom!
O Brasil é bom bom!
E se nos unir vai ficar melhor!
(Ange, Carol e Thaís)



Hino pro Brasil

No país em que vivemos
Há uma grande natureza
Que para sempre amaremos
Com toda a certeza.

O Brasil na copa brilha
Só o penta já não basta
Joga que é uma maravilha
Pra trazer de novo a taça.

A beleza brasileira
Está em todo lugar
Até mesmo na vanera
Que faz a gente dançar.

O Brasil é um país bonito de se viver
Porque as maravilhas do mundo
Aqui podemos ver!
(Cristieli e Amanda)



Brasil,
És um país de encantos mil,
Com céu cor de anil,
Seu povo é educado e gentil.

Sua natureza é uma beleza
Faz inveja a todo mundo com certeza
Em nosso país não há tristeza, ele é cheio de riqueza.
A população brasileira é linda,
Com as misturas raciais fica mais bonita ainda,
Aqui tudo é bem vindo.

O povo brasileiro é forte e guerreiro,
Trabalham uns como caminhoneiro,
Outros como carpinteiro, mas todos
Com o mesmo objetivo, o dinheiro.

O maior país da América Latina
A todos nós fascina
Sem mais nada a declarar
Encerro essas rimas
Com recado pra professora que já entrou no clima
A nota só de 10 pra cima.
(Makeli e Alisson)

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Calendário da Copa

Clicando no título da postagem ou na imagem abaixo, você será levado a uma página com a tabela de todos os jogos da Copa de 2010. É uma imagem interativa onde você poderá vizualizar os resultados das partidas realizadas, as partidas futuras com o local onde acontecerão e horários, o mapa de todos os países participantes, e as sedes dos jogos. Não deixe de clicar e de torcer pelo Brasil...


segunda-feira, 10 de maio de 2010

Pilares - Miro Saldanha



Reflexões sobre as mudanças que estão acontecendo, sobre os valores que estão sendo esquecidos pelas famílias... Uma verdadeira lição!

sábado, 1 de maio de 2010

Dia do Trabalho

O Dia do Trabalho é uma data universal.


Comemorado no dia 1º de maio, o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador é uma data comemorativa usada para celebrar as conquistas dos trabalhadores ao longo da história. Nessa mesma data, em 1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade americana de Chicago.
Milhares de trabalhadores protestavam contra as condições desumanas de trabalho e a enorme carga horária pela qual eram submetidos (13 horas diárias). A greve paralisou os Estados Unidos. No dia 3 de maio, houve vários confrontos dos manifestantes com a polícia. No dia seguinte, esses confrontos se intensificaram, resultando na morte de diversos manifestantes. As manifestações e os protestos realizados pelos trabalhadores ficaram conhecidos como a Revolta de Haymarket.
Em 20 de junho de 1889, em Paris, a central sindical chamada Segunda Internacional instituiu o mesmo dia das manifestações como data máxima dos trabalhadores organizados, para assim, lutar pelas 8 horas de trabalho diário. Em 23 de abril de 1919, o senado francês ratificou a jornada de trabalho de 8 horas e proclamou o dia 1° de maio como feriado nacional.
Após a França estabelecer o Dia do Trabalho, a Rússia foi o primeiro país a adotar a data comemorativa, em 1920. No Brasil, a data foi consolidada em 1924 no governo de Artur Bernardes. Além disso, a partir do governo de Getúlio Vargas, as principais medidas de benefício ao trabalhador passaram a ser anunciadas nesta data. Atualmente, inúmeros países adotam o dia 1° de maio como o Dia do Trabalho, sendo considerado feriado em muitos deles.

Fonte: http://www.brasilescola.com/datacomemorativas/dia-do-trabalho.htm

terça-feira, 13 de abril de 2010

Fogo na panela - é muito sério!

FOGO NA PANELA

Luiz Cesar Homem


Sou brigadista treinado, fundador da brigada em minha companhia, time em que atuei por 5 anos. Já passei pelo exercício de apagar fogo em óleo quente e confesso que é um dos fogos mais difíceis de serem apagados. A dica do filme é a mais prática e simples, além do forte aviso de não se utilizar de água para apagar este tipo de fogo.


Mas a principal dica é: caso você não saiba exatamente o que fazer, evacue a área de incêndio e chame a brigada ou os Bombeiros para tratarem do tema. Não se meta a fazer o que você não sabe, sob pena de risco de morte.

COMO APAGAR FOGO EM ÓLEO QUENTE.


É bom saber como agir. Caso você esqueça no fogo a panela ou frigideira com óleo, e esse pegue fogo, NÃO ENTRE EM PÂNICO.


Siga as instruções abaixo.

Repasse aos seus amigos, ensine seus empregados, mostre aos seus filhos.


1. DESLIGUE O FOGO

2. MOLHE um pano, torça-o, retirando o excesso de água, para que este NÃO PINGUE.

3. Coloque o pano sobre a panela/frigideira e espere até que esfrie (não saia mais vapor).

4. NUNCA TENTE MOVER A PANELA ou a FRIGIDEIRA

5. NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE

ÁGUA, pois os respingos carregarão fogo junto e os efeitos são devastadores.

Não guarde essa Informação só para você. Importantíssimo


"Nenhum vento sopra a favor de quem não sabe aonde ir"...

É uma realidade esta instrução.




Animacoes GRATUITAS para seu e-mail – do IncrediMail! Clique aqui!

Links sobre o furacão Irma

https://elpais.com/internacional/2017/09/10/actualidad/1505059822_453630.html?rel=lom https://elpais.com/elpais/2017/09/11/opinion/150514...