sábado, 31 de maio de 2014

Exercícios sobre Adjetivos


1- Leia atentamente o trecho seguinte. Retire dele todos os substantivos. Em seguida, caracterize-os com três adjetivos bem originais.
" Meu pai me trouxe uma fotografia dizendo-me retrato do mar. Mas junto não veio o vento nem o cheiro, menos ainda o canto."
(Bartolomeu Campos Queirós)


2- Dos textos seguintes, destaque apenas os adjetivos.
a) "Aroma complexo, penetrante e persistente, sabor agridoce, equilibrado e elegante: assim pode ser descrito o aceto balsâmico, uma das maiores contribuições da Itália à boa mesa universal."
(Gula, n. 91, maio 2000, p. 59.)

b) "Gostava da fórmula, achava-a engenhosa, compendiosa e eloqüente, além de verdadeira e profunda."
(Machado de Assis)

c) "Uma moça bonita de olhar agateado deixou em pedaços o meu coração"
(Alceu Valença)

d) "Enquanto os homens exercem seus podres poderes. Motos e fuscas avançam os sinais vermelhos".
(Caetano Veloso)

3- Substitua as expressões em destaque por adjetivos, fazendo as adaptações necessárias.
a) O espetáculo pirotécnico foi uma maravilha!
b) Quem viu o acidente diz que a cena foi um horror.
c) Ainda não percebi se este chiclete tem sabor.
d) Neste ano, o inverno veio com rigor.
e) E difícil conviver com pessoas que têm preconceito.
f) Algumas empresas têm mais poder que as próprias instituições governamentais.

4- Substitua as expressões em destaque por seus adjetivos correspondentes. Atenção ao grau superlativo!
a) O trem-bala japonês é hiperveloz.
b) O problema que ela está enfrentando é muito comum.
c) A noiva, durante a cerimônia, estava superfeliz.
d) Desde pequenos eles são muito amigos.

5- Substitua a expressão em destaque por seu adjetivo correspondente.
a) "Minha mãe costurou meu desejo em fantasia de carnaval."
b) O viajante guiava-se pelo relógio de sol. À noite, pela claridade da lua.
c) "Veio, com o delírio da febre, o primeiro marinheiro."

6- Substitua as orações em destaque por adjetivos. Atenção à acentuação dos paroxítonos!
a) O médico preencheu o formulário com uma letra que não se consegue ler.
b) A atriz usava um perfume que não se consegue esquecer.
c) Vai entrar em cartaz um filme que não se pode perder.

7- Dê o adjetivo pátrio correspondente a:
a) Bélgica
b) Equador
c) Guatemala
d) Florianópolis
e) Tocantins
f) Petrópolis
g) Moscou

8- Dê o adjetivo correspondente a:
a) abdômen
b) baço
c) cabeça
d) crânio
e) dedo
f) nariz
g) olho
h) osso
i) pescoço
j) pulmão
k) rim
l) boi
m) cabra
n) cão
o) chuva
r) rio

9- Escreva as frases no plural:
a) O tabelião cortês falou com o escrivão cruel.
b) O cidadão fiel usava blusa amarelo escura.
c) O guarda-noturno usava temo azul marinho e camisa verde-esmeralda.
d) Deixou, no guarda-roupa, o temo azul-escuro e a gravata cinza.

10- Escreva no feminino:
a) padrinho honesto
b) cavalheiro cortês
c) cirurgião espanhol
d) cônsul impostor
e) governador anterior

11- Escreva no plural:
a) doença psicossomática
b) conflito sino-russo-americano
c) camisa verde-clara
d) blusa amarelo-escura
e) literatura luso-brasileira
f) camisa verde-garrafa
g) sapato marrom-café
h) temo azul-marinho
i) menino surdo-mudo
j) cortina vermelho-sangue
I) blusa amarelo-dourada
m) blusa gelo
n) camisa laranja
o) camisa alaranjada

12- Com relação ao texto abaixo:
a) identifique a que classe gramatical pertence a palavra paciente nas duas ocorrências;
b) dê o significado de paciente nas duas ocorrências.
" A rotina de um paciente dentro de um hospital não é fácil. Ele passa horas sendo observado, apalpado, espetado e carregado de um equipamento de exame para outro. Só sendo muito paciente mesmo."
(Superinteressanre, fev. 2000, p. 52.)

13- Substitua a expressão destacada por uma única palavra.
a) Tomou um café muito amargo.
b) Era um costume muito antigo.
c) Achou a atitude muito benéfica.
d) Era um dia muito frio.
e) Era uma pessoa muito séria.
f) Tomou uma atitude de criança.

 

segunda-feira, 5 de maio de 2014

O barulho da carroça

Certa manhã, meu pai convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer.

Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:

- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:

- Estou ouvindo um barulho de carroça.

- Isso mesmo, disse meu pai. É uma carroça vazia ...

Perguntei ao meu pai:

- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?

- Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia, por causa do barulho.

Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.

Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, inoportuna, interrompendo a conversa de todo mundo, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo:

Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz...

Vaso de flores

Uma flor no vaso
Olha o dia inteiro
Da sua janela
Para o canteiro.

Todas as amigas
Vivem no jardim,
Só ela no vaso,
Solitária assim.

(Hayim Nachman Bialik)

Links sobre o furacão Irma

https://elpais.com/internacional/2017/09/10/actualidad/1505059822_453630.html?rel=lom https://elpais.com/elpais/2017/09/11/opinion/150514...