domingo, 27 de setembro de 2015

Interpretação 2 - Missa do galo

1- O conto é uma narrativa curta, que apresenta uma condensação de recursos. 
a) Nesse conto, quem são os personagens e como se caracterizam? 
b) Em que espaço ou lugar acontecem os fatos narrados? 

c) Como se pode determinar o tempo em que os fatos acontecem? 


2- Uma das características do conto é apresentar um único conflito. 

Qual o conflito desse conto de Machado de Assis? No caderno, copie do texto uma frase que resume esse conflito. 

§ De que maneira a escolha do narrador em 1ª pessoa permitiu a construção desse conflito? 


3- A caracterização de Conceição é também fundamental para a construção do conflito. Como ela é caracterizada no terceiro parágrafo? 

a) No final do segundo parágrafo, o narrador afirma que Conceição acabou por concluir que a traição do marido “era muito direito”. 

A partir desse conceito, como podem ser definidos os princípios morais do personagem? 

b) Que expectativa é gerada no leitor pelo fato de ele saber que Conceição é traída pelo marido? 

c) Ao dizer que Conceição “Não sabia odiar; pode ser até que não soubesse amar”, o que o narrador sugere quanto à possibilidade de essa expectativa se confirmar? 
d) Em vários momentos, o narrador menciona as qualidades de Conceição. A ênfase nas virtudes dessa personagem tem um efeito na história. Que efeito seria esse? 


4- O enredo, que é o conjunto de fatos, está estruturando em situação inicial, elemento modificador, conflito, clímax e desfecho. 

a) Qual é a situação inicial do conto “Missa do galo”? 
b) Qual é o elemento modificador? 

c) Transcreva no caderno o clímax, que é o momento culminante da história, quando o conflito atinge seu ponto mais elevado. 

d) O desfecho ou a conclusão representa a parte final do conto, onde se encontra a solução do conflito. Em que consiste o desfecho nesse conto? 


5- Nogueira encontrava-se na sala, quando Conceição entrou, e os dois iniciaram um longo diálogo... 
A- Explique o sentido desta frase dita pelo narrador, de acordo com o contexto: "Sendo magra, tinha um ar de visão romântica, não disparatada com o meu livro ou aventuras." 
B-Conceição diz ao rapaz que acabara de acordar, mas ele não acreditou que ela estivera dormindo. O que ele imagina que poderia ser a causa da suposta mentira? 


6- O comportamento de conceição causa estranheza ao rapaz, ao comparar se modo de agir de antes com o que ele via na noite de natal. 

A-Escreva passagens em que o narrador percebe mudanças em conceição e passa a enxergá-la com um novo olhar. 

B-Que afeito a atitude contraditória de conceição causa, aos poucos no rapaz? Responda com base no texto. 


7- Releia os seguintes trechos e explique o que eles parecem sugerir em relação á atitudes de conceição. Situe-os no contexto. 

A- "... ergueu-se rapidamente, passou para o outro lado da sala e deu alguns passos entre a janela da rua e a porta do gabinete do marido". 

B- "Cuidei que ia dizer alguma coisa: mas estremeceu, como se tivesse um arrepio de frio...” 


8- A conversa ganha um rumo diferente, e nem Conceição nem Nogueira conseguem se afastar um do outro. 

A- Durante essa conversa com o rapaz, Conceição demonstra preocupação. O que a perturba e por quê? 

B- O que podem simbolizar os olhos compridos e, sonolentos de conceição de acordo com desenvolvimento dos fatos? 


9- No segundo parágrafo, que frase nominal antecipa o que o narrador vai contar sobre o modo de viver da família de Meneses? Justifique-se. 


10- Interprete, com base no contexto, o significado da frase "O teatro era um eufemismo em ação". 


11- Releia o terceiro e o quarto parágrafo e explique o emprego das aspas nas expressões a seguir. 

A- "Chamavam-lhe ‘a santa’, e fazia jus ao título." 

B- "Fiquei até o natal para ver ‘a Missa do Galo na Corte’." 


Nenhum comentário:

Postar um comentário