segunda-feira, 2 de novembro de 2009

O crime mais cruel, por Makeli Maschen

Titulo - O crime mais cruel
Autor (a) - Miriam Mambrini
Edição - 1ª edição
Editora - Bom Texto


É a história de uma família de classe média alta, um homem casado pela segunda vez com uma antiga secretária de sua empresa. O casal tem um filho pequeno que em uma manhã seguindo sua rotina diária de ir para a escola, na porta de casa sob os cuidados da babá que deixou o pequeno na porta de casa e voltou para buscar a mochila esquecida, foi seqüestrado. A princípio todos desconfiam da babá do menino, por ela ser de uma favela vizinha à residência da família do seqüestrado e no passado ter se envolvido com um traficante perigoso, mas já morto. A babá conhecendo várias pessoas na favela comunicou-se com eles e ficou sabendo que naquele morro não estava o bebê que cuidava e que os envolvidos eram de outra favela. Ao pai da criança foi pedido um resgate com um valor altíssimo, o empresário estava pondo os carros e imóveis para venda, juntando todas suas economias para ter seu filho de volta o mais rápido possível. A mãe, estava constantemente muito mal, sentia a falta do filho, preparava para a volta do garoto a festa de aniversário com tudo o que o menino sempre sonhara. Com o decorrer da história os pais, os policiais e todos os envolvidos descobrem que a babá nada tinha a ver com o seqüestro e que o mandante do seqüestro foi um antigo caseiro da família que queria vingar-se por ter sido demitido. No final tudo da certo, o bebê é resgatado e não foi necessário pagar o resgate de um valor absurdo que estava sendo pedido.


Muito bom, com acontecimentos que realmente vem acontecendo cada vez mais na realidade de hoje em dia. É uma história bem contada, valeu a pena ler este livro, da vontade de ler cada vez mais e mais para saber o final, todo ele é muito interessante. Recomendo para quem quiser um romance policial dos bons.

Um comentário:

  1. Makeli, realmente o mundo está ficando cada vez mais complicado, não só pelo sequestro mas por outras inúmeras situações horríveis que acontecem nas famílias, independente de classe social. Não se dá mais valor para a família, para a honestidade, nem para o que é saudável para o corpo e para a mente. Precisamos encontrar uma maneira de contornar essa situação com urgência...

    ResponderExcluir

Links sobre o furacão Irma

https://elpais.com/internacional/2017/09/10/actualidad/1505059822_453630.html?rel=lom https://elpais.com/elpais/2017/09/11/opinion/150514...