domingo, 25 de outubro de 2009

O olho de vidro do meu avô, por Patricia Sbeghen


O olho de vidro do meu avô

Bartolomeu Campos de Queirós

Patrícia Sbeghen

Síntese:

Era de vidro o olho esquerdo de meu avô, era azul-claro e parecia envernizado por uma eterna noite, ele via a vida pela metade e tudo se resumia em um meio-Mundo, o olho esquerdo dele de vidro que via nada era apenas uma leve e profunda imaginação, o velinho visitava lugares que não existia que não alcançava, mas para ele não passava de uma grande e divertida brincadeira imaginária, e seu netinho sempre tentava adivinhar o que seu avô tanto escondia naquele olho de vidro.

O seu olho esquerdo era de mentira e o olho direito era de verdade, o seu neto sempre carregava dentro dele um desejo escuro, a vontade de saber se o seu avô retirava seu olho na hora de dormir, mas ele não retirava de jeito algum, mas seu neto sempre quis ter um olho de vidro igual o de seu avô.

Várias vezes seu neto desejou ver seu avô chorando, queria saber se o olho continha lágrimas, mas ele não chorava, motivo tinha, de não ver o Mundo inteiro isso traz tristeza. O tempo passou seu avô não deixou herança alguma, a não ser sua história. Eis a duvida:

"O que se passou no o olho de vidro do meu avô".

Crítica:

Ao ler o livro até eu tentava imaginar como era se eu tivesse um olho de vidro, você tenta imaginar o que você está lendo de qualquer maneira, o livro expressa sentimentos que mexe com a mente do ser humano, o livro é muito bom, gostei muito mesmo de ter lido pela primeira vez não me arrependo, porque aprendi mais do que eu já sabia, ele tenta passar para o ser humano a pura realidade das coisas, enfim várias coisas seriam interessantes se nós parávamos para pensar, e chegar a tal conclusão de vários assuntos que ao final nos preocupa muito, que desafiam e continuarão desafiando a mente de qualquer ser humano. O livro traz curiosidade? Traz muita. Mas o que o chama a atenção mesmo é à força da imaginação que ele teve e a que os leitores tentaram tela também. Ele traz muita curiosidade no qual os que leiam tentam desvendar o mistério do olho de vidro, é super legal...

Leia você também... "Não julgue um livro pela capa"...

1º Edição – Editora Moderna.

*1º Manhã.

*Coleção Veredas.

*Fernanda Baruffi.

*Data de entrega: 26-10-2009.

*Título: O olho de vidro do meu avô.

* Autor: Bartolomeu Campos de Queirós.




Novo Internet Explorer 8: faça tudo com menos cliques. Baixe agora, é gratis!


Navegue com segurança com o Novo Internet Explorer 8. Baixe agora, é gratis!

15 comentários:

  1. Parabéns, Patrícia. É ótimo saber que a leitura está trazendo algum aprendizado a mais para a vida de vocês. Muitas vezes não estamos estimulados a ler, mas sempre que lemos podemos viajar na nossa imaginação, ficamos procurando saber: e agora, o que vai acontecer?, e lemos mais um pouco, e mais um pouco, e quando nos damos conta, fomos mais longe do que o esperado.

    ResponderExcluir
  2. NOSSA AMOo MUNTO ESSA HISTÓRIA ADORO LITERATURA GOSTO MUITO PRINCIPAUMENTE O OLHO DE VIDRO DO MEU AVÔ

    ResponderExcluir
  3. No Final do livro
    O avô Morre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. naoooooooooooooooooo mas que surpresa

      Excluir
  4. Bacana a resenha. Sabia que você pode ganhar DINHEIRO COM ESTE BLOG, SEM GRANDE ESFORÇO, só entre em nosso blog:

    odinheironanet.blogspot.com

    Lá tem programa de afiliados, vou pôr tutoriais e etc

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito amei Pena que não tenho esse livro ainda.

    ResponderExcluir
  6. parabéns vc mim ajudou muito hj

    ResponderExcluir
  7. achei muito boa a sua descrição do livro (mas tem gente que copia e cola em um trabalho de portugues) (tipo: eu ...)

    ResponderExcluir
  8. adoro ler mas esse livro nao entao obrigada pelo resumo me ajudou a aentender um pouco

    ResponderExcluir
  9. Muito bom ajudou bastante muito criativo

    ResponderExcluir
  10. a maioria dos meus amigos dera ctrl c ctrl v pa ra um trabalho de portugues

    ResponderExcluir

Trabalhos dos alunos da Turma 21

Os alunos da turma 21 criaram documentários e páginas na internet sobre temas polêmicos. Não estou postando os vídeos porque não tenho, mas ...